Torqueas o Espirito da morte

Hoje vou falar sobre mais uma Bizarrice, Creepypasta ou qualquer outra coisa.

Hoje o “Personagem” apresentado é um espirito que aparece quando pessoas estão para morrer, um “shinigami” da vida.

Há relatos de diversas pessoas que afirmaram ter visto Torqueas.

Há relatos de que sejam uma mulher em que não da para ver seus olhos, pois é dito sair um forte brilho deles. Há outros de que seja um homem com aparencia comum, ou pouco mais musculoso do que as pessoas comuns e moreno.

Reza a lenda que o espirito passa nas portas das pessoas, e quando essas abrem, o espirito passa a persegui-las causando pequenos acidentes aumentando gradualmente eventuamente matando a vitima.

Há mais casos alem dos casos mais comuns que se poder ver na internet sobre esse espírito.

Reza a lenda que, beeem antes de eu nascer um parente muito próximo estava dormindo com uma arma debaixo do travesseiro. Durante a madrugada enquanto os pais desse “fulano” dormiam, ele ouviu alguem mecher na maçaneta da porta do quarto. Mechia e como se a porta estivesse trancada, tentando abrir insistentemente por um curto periodo de tempo e de repente parava. E assim se sucedeu por 3x. Quando finalmente o Fulano pegou a arma debaixo do travesseiro e rondou toda a casa procurando por alguem que estivesse feito aquilo. Não achando ninguem, o Fulano voltou a dormir. Na manha seguinte, no café da manha o fulano disse aos pais:

– Alguem morreu. Ontem alguma coisa veio me avisar que alguem morreu.

No horário do almoço do mesmo dia, é recebido um telefonema de parentes de outra cidade. Um parentes proximo a fulano, no grau de tio ou primo de 1st grau havia morrido naquele dia.

Outro caso que tive conhecimento é da mãe de um conhecido. (obviamente não citarei nomes a fim de preservar a etica dos envolvidos)

É de conhecimento que a mãe desse conhecido é espírita e que vê nitidamente espiritos, conversa com alguns as vezes e que vê, por vezes, vultos.

Certa noite, ela acordou vendo uma sombra no armario que estava levemente iluminado pela lua cheia.

Ao olhar pela janela pressentindo algo errado, ela viu o maior numero de vultos até então, todos eles pareciam estar cobertos da cabeça aos pés por um manto negro com a cabeça coberta por um capuz integrado ao manto.

Eles andavam em alta velocidade, como se estivessem flutuando em direção a uma casa em específico. Por ser tantos, ela ficou preocupada com os filhos que dormiam no quarto ao lado do seu, até que finalmente tudo acabou.

Na semana seguinte descobriu, que o vizinho que morava naquela casa, havia morrido justo no dia em que apareceu os vultos, chegando a conclusão que, o que quer que tenha feito o vizinho enquanto vivo, o lugar para o qual ele foi, não é dos melhores.

Espero que tenham gostado, ambos os casos apresentados são de pessoas que conheço e são relatos “reais” (é dificil separar os fatos das lendas nesses casos, mas como foi em rodinha de conversa exatamente sobre esse tipo de experiencia…)

Até a proxima Bizarrice galera.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s